15.10.07

User-friendly?



Mostrei o álbum do Radiohead a um amigo meu cujo gosto musical limita-se a Beatles e Keane, e ele: "isso é jazz?"

Rodei o CD lá em casa (descontroladamente) sábado à tarde e minha mãe: "desliga isso que a gente ainda nem conhece os vizinhos direito."

Agora abro a Pitchfork e, na crítica de In Rainbows, o resenhista Mark Pytlik usa o termo "user-friendly" para definir a bolachinha. Sério? "User-friendly"? Talvez para quem tenha decorado as letras de todos os outros álbuns da banda, pode até ser. Para o restante dos mortais, garanto que o Radiohead continua soando como uma esfinge. E não é todo mundo que quer decifrá-la.

De qualquer modo, o texto da Pitchfork está bacana, a nota não poderia ter sido mais entusiasmada (9.3? 9.3!) e a brincadeirinha de pedir para o leitor escolher a cotação do disco é... Bem, de todos os lançamentos de 2007, este é o mais aberto a brincadeirinhas e nerdices do tipo.

Mais gente boa escreveu sobre ele: tem resenhas no Guardian (cinco estrelas), e elogios rasgados até no site da Billboard.

Por enquanto, permanece a questão: ninguém vai ousar jogar pedras neles, é? Nem a reação a Kid A foi tão unânime. Estamos no aguardo.

5 comentários:

João Paulo Mauler disse...

A crítica do Folhateen de hoje não foi das mais empolgadas:

"As dez faixas de 'In Rainbows' podem sair de graça; na opinião do Folhateen, elas não valem mais do que isso"

Tiago Superoito disse...

Hahahaha, sério? Vou dar uma lida.

Rodrigo disse...

http://rateyourmusic.com/board_message/message_id_is_1174068_and_board_id_is_92&show=20&start=0

Tem pelo menos três pessoas que não gostaram muito, mas em relação à critica especializada, realmente não li nenhum comentário falando mal. E eu fiz questão de indicar teu texto pro pessoal do fórum. :)

Tiago Superoito disse...

Li o texto da Folhateen. Realmente, é o primeiro que detona o disco. E detona de um jeito bizarro. Diz que o álbum é de "sobras" e o escambau.

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If he will be possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll I thankful, bye friend).