10.9.07

VMA - A triste ex-festa do videoclipe

A MTV tenta. Isso a gente não nega. Em tempos de YouTube, DailyMotion, P2P e pulverização de ídolos, realmente não faz muito sentido apostar em videoclipes na programação. Nem em premiá-los, a não ser em algumas categorias técnicas que nem são exibidas no Video Music Awards.

Se a festa tem que acontecer de qualquer maneira, o que resta então? Apresentações fracassadas como a de Britney Spears, claro. Overdose dos poucos grandes ídolos que ainda existem, também.

Britney foi responsável pelo grande momento da noite. Aquele que todos vão comentar por um tempo (uma semana, no máximo). Uma espécie de meltdown público e já esperado, transmitido para 2 bilhões de pessoas. Um cachorro morto sendo impiedosamente chutado. Todo mundo sabia que isso aconteceria, apesar de muitos torcerem para um retorno triunfal (até eu, assumo). Os produtores, espertíssimos, jogaram em cima dos ombros da mulher a responsabilidade de abrir a maior festa da emissora, o que contribuiu para o clima de "ou tudo ou nada" que se instalou nessa última semana antes da premiação e da apresentação de Britney. O resultado foi esse aí: diversão e mídia por um bom tempo às custas da carreira enterrada de uma celebridade de quinta.

Os poucos ídolos que sobram, Rihanna e Justin Timberlake, foram aproveitados sempre que podiam. Premiados com 2 troféus cada um, consagraram-se em meio aos defuntos (Britney) e às moscas de sempre, outrora grandes ídolos. Ninguém vai ligar para 50 Cent ou Fall Out Boy daqui 5 anos.

Kanye West, novamente rejeitado pela premiação (Stronger não levar nada prova que, de videoclipe, a MTV já não entende mais mesmo), deu piti e disse que nunca mais aparece lá. À esta altura, diria que ele não tem absolutamente nada, nada, nada a perder.

Go, YouTube!

Por Diego Maia




A seguir, a cobertura minuto a minuto da festa.


(15:41 de 10/09) BRITNEY SEM CALCINHA. Como eu previ aqui, Britney Spears realmente foi fotografada sem calcinha ao sair da premiação. Aos tarados de plantão, um presente.

(00:23) FIQUEM COM BRITNEY. Vejam e revejam o flop mais anunciado do ano. Vou dormir. Inté.

(00:13) CABÔ! Britney desastrosa (aposto que a colocaram lá sabendo da merda que ela faria, que isso geraria buxixo e etc), Timbaland e Jay-Z reis da cocada preta, emos desaparecendo (mas nem tanto, vide a vitória da cria do Fall Out Boy, Gym Class Heroes), duas horas de shows desinteressantes, festas nos apês e categorias sem-graça. Se a MTV tiver muita sorte, dura até 2010.

(00:09) JUSTIN. Pô, o Justin é foda. Numa próxima encarnação, gostaria de ser ele, mas com cara de homem.

(00:06) TIMBAFRIENDS. Embarangaram Nelly Furtado. Colocaram Justin Timberlake pra dar um up na apresentação. É tipo a reunião dos parceiros do Timbaland no palco? Cadê a Bjork?

(23:58) VIDEO DO ANO. Não vai ser Justice, vamos ser realistas. Justin Timberlake ou Kanye West são aceitáveis. Deu Rihanna. Tenho certeza de que essa overdose faz parte de algum plano de dominação alienígena. Ou isso ou essa música esconde mantras satnânicos. Ella, ella = Satã é seu senhor. Ê, ê = sua alma lhe pertence.

(23:53) FIGURÃO. Mary J. Blige apresenta... apresenta... Deus? Bono? Kurt Cobain? Timbaland? Não. Dr. Dre. Ok, ele é importante. Ele produziu muita coisa foda. Ele decobriu talentos. Mas vai fazer drama assim lá longe, mulher.

(23:49) NA MOSCA. Comentário de um dos meus amigos de república sobre a chatice da MTV: "O próximo VJ deles vai ser o Raul Gil". PERFEITO!

(23:45) MELHOR NOVO ARTISTA. Num mundo justo: Amy Winehouse. Num mundo legal: Peter Bjorn and John. Num mundo em que não vale a pena viver: Carrie Underwood. Gym Class Heroes? Não conheço. Não quero conhecer. Vou ali tomar um milk shake.

(23:39) RESP: SUICÍDIO. Show do Linkin Park ou aturar Jamie Fox?

(23:38) FESTA DO KANYE - PART DEUX. Aposto que ele mal consegue esperar para que desliguem as câmeras e a orgia comece.

(23:32) ALICIA NO PALCO. Alicia Keys é o que Amy Winehouse seria se ela tivesse nascido nos EUA e não chafurdasse em cocaína. Então, Amy, não abandone as drogas, por favor. Atualização: Amy Winehouse nunca faria cover de Freedom.

(23:25) RIHANNA + FALL OUT BOY. Cool. A franja emo ela já tem.

(23:23) MELHOR BANDA. Vai dar Fall Out Boy. Eu gosto. Planejo fazer uma franja e tudo. Já comprei a maquiagem pros olhos. Será que cabe a foto do Pete Wentz pelado aqui? A gente atrairia muitos visitantes pelo Google, Tiagão.

(23:17) LINKIN PARK. Show do Linkin Park ou extrair os dentes do siso? Show do Linkin Park ou alimentar o papagaio? Show do Linkin Park ou passar roupas? Show do Linkin Park ou sair pra comprar um sofá com a sua mãe? Show do Linkin Park ou andar a pé até o Capão Redondo just for fun? O que parece mais divertido a vocês?

(23:08) FESTA DO KANYE. Quem acha que essas mulheres são todas whores põe o dedo aqui.

(23:06) CONSTATAÇÃO. 50 Cent é um bebezão patético.

(23:04) GO SHIA! O cara que tá pegando a Rihanna apresenta o prêmio de artista feminina do ano. Deu Fergie. Um astronauta pra ela e outro pra bunda dela.

(23:02) ER... Justin Timberlake elogiou a performance de Chris Brown. Só registrando.

(22:59) MAIS VIDEOS. Justin pediu mais clipes. Ele não conhece o YouTube?

(22:55) ARTISTA MASCULINO. As bitches de The Hills apresentam o artista masculino do ano. Qualquer coisa menos Robin Thicke, por favor. E... deu Justin. Estão um ano atrasados mas tá valendo. O artista masculino do ano não foi indicado: Jay Vaquer. Brincadeirinha!

(22:50) INTERVALO. Tiago, vá catar pequi. Mas, pensando bem, em termos de cultura pop, uma apresentação falha de Britney Spears é muito mais interessante do que uma corretinha de alguém tão insípido quanto Chris Brown. A gente ainda vai falar dela amanhã. Do sujeito aí, ninguém vai se lembrar.

(22:48) HUMOR? Seth Rogen, espero que você não seja o autor desse texto. Essa tentativa de ser engraçadinho usando psicologia reversa é um fracasso.

(22:45) O CIRCO CHEGOU. Enquanto o Diego vai comer o Big Mac dele, uma breve observação: Interessante esse show do Chris Brown. Dá a impressão de que o sujeito realmente se esforçou, se matriculou numa escolinha de circo e está há cinco meses ensaiando - cinco horas por dia, segunda a sexta - para fazer bonito no VMA. Enquanto isso, a Britney parecia estar encenando uma versão da Broadway de Um morto muito louco, carregada de dançarino-michê em dançarino-michê. Ponto para Chris Brown, e saio de fininho.

(22:44) RIHANNA. DE NOVO. Tem rehab pra overdose de Rihanna? Vamos precisar. Ellla, ella...

(22:41) SEGUNDO SHOW. Rosario Dawson apresenta o mala Chris Brown, que paga de Chaplin. Como isso ainda vai longe e não tô a fim de me estressar no primeiro terço da premiação, vou ali fazer um sanduíche e já volto.

(22:38) MINIBLOCOS. Qualé a desses blocos de 2 minutos? Será que sacaram que, em tempos de YouTube, moleques de 15 anos não ficam mais tempo do que isso em frente da TV? É divertido ver a MTV rebolar pra se adequar a essas mudanças. Eles falham na maioria das vezes.

(22:35) MAROON 5. Eu gosto desse último disco. Little of your time é uma das músicas do ano. Prontofalei.

(22:32) COLABORAÇÃO MAIS EXPLOSIVA DO ANO. Kanye e 50 Cent juntos. Melhor coisa da noite até agora. Mas, como Tiagão disse, é tudo marketing. Minha preferida aí Sexyback, do Justin com Timbaland. Mas quem leva é Beyoncé com Shakira. O que duas bundas notáveis não fazem, minha gente?

(22:31) FOO FIGHTERS. Essas aberturas de bloco não têm muita graça. E a música nova dos Foo Fighters é uma bosta. Prontofalei.

(22:21) JENNIFER HO. Por que Jennifer Hudson tem que falar como se ainda estivesse em Dreamgirls? Tá no contrato dela? Ela apresenta um prêmio de nome intraduzível. Aposto que isso não vai existir ano que vem. Má idéia. Justin Timberlake levou. Alguém entendeu o propósito dessa bodega? É por que faltaram categorias, é isso? Ano que vem premiam o melhor mug shot. Seria mais divertido.

(22:13) VAMOS AO QUE INTERESSA. Resumo do bloco:
- Britney Spears está morta e enterrada.
- Rihanna tá aí pra jogar a pá de cal na defunta cocainômana.
- Quero aqueles óculos do Kanye West.

(22:08) MONSTER SINGLE OF THE YEAR. É o prêmio de música do ano. Fall Out Boy, Avril Lavigne, Rihanna, Lil'Mama, Mims, Plain White Tś, Shop Boyz, Daughtry, T-Pain, Timbaland. Deu Rihanna, claro. Agora fique com a música na cabeça até dormir. Ella, ella, ê, ê.

(22:04) GOD BLESS SARAH. Sarah Silverman fez uma piada inacreditável com Paris Hilton no Movie Awards, mas poupou a patricinha dessa vez. O yada yada yada inicial não está tão bom, though.

(22:03) COMEÇOU. Britney no palco seminua, playback, música horrível, mocréias se esfregando nela. A cantora parece dopada, olha fixamente para o mesmo ponto, não move os músculos da cara. Crack, cocaína ou cachaça? Sarah Silverman é legal, apesar disso.

(21:56) WAITING. Aguardando o começo da bagaça enquanto tomo um iogurte. Aproveito para, pela primeira vez, parar e ver esse programa da Daniela Cicarelli, Batalha das Modelos. Uma das juradas é Sheila Mello, a ex-loira do Tchan. Um dos jurados é um dos emos do Hateen. MTV Brasil, teu segundo nome é decadência.

9 comentários:

Tiago Superoito disse...

Olha, não concordo com essa lógica do "na época do YouTube, não há espaço para canal de clipes". Nessa estou com o Timberlake. Acho sim muito possível a existência de emissoras à MTV, já que a função delas seria separar, no caos do YouTube, as opções OU comercialmente viáveis OU criativamente interessantes. É como dizer que, por causa do jornalismo online, não há necessidade do jornalismo de papel. Há, já que alguém tem que selecionar as notícias/os clipes relevantes nessa baderna.

Sua análise ficou bacana, não tenho nada a acrescentar.

Vinícius P. disse...

Gostei muito desse blog, mesmo!
Se soubesse tinha acompanhado o VMA por aqui, os comentários foram ótimos. A Britney foi uma decepção mesmo, sem falar nos péssimos prêmios - apesar de gostar da Rihanna e do Justin Timberlake. O pior foi a Amy Winehouse não levar nada.

Olha, eu gosto do Kanye West, mas ele é por demais arrogante. Já deu piti no prêmio da MTV da Europa e também np Grammy. Agora disse que não ganhou porque é negro e que nunca voltará à MTV - o que duvido muito.

Até mais!

Diego Maia disse...

A lógica não é essa, Tiago. É: "Na época do YouTube, não há espaço para um canal de videoclipes como a MTV já foi". Novidades e videos qualquer um consegue na internet. Blogs e sites já têm essa função de separar o joio do trigo.

Achei nada a ver a comparação com jornalismo online. Talvez você queira dizer "jornalismo colaborativo" ou "jornalismo feito em blogs". Mesmo assim, são coisas diferentes. Jornalismo precisa de apuração, função que poucos blogs têm hoje. Selecionar e exibir videoclipes é tarefa mais fácil a que muito mais gente está disposta.

Tiago Superoito disse...

Sim, mas não vejo isso como algo que impeça a existência de um canal de clipes. Não mesmo. As coisas podem conviver.

Diego Maia disse...

Se você pode ver clipes em boa qualidade quando quiser, onde quiser e como quiser (por causa da internet), por que vai ficar parado em frente à TV esperando?

Tiago Superoito disse...

São públicos diferentes, por enquanto. Conheço muita gente que não tem hábito de ver vídeos pela internet e veria na TV numa boa.

Diego Maia disse...

Gente que tem, provavelmente, mais de 25 anos.

Tiago Superoito disse...

Er...

Anônimo disse...

what bands are good to see for emo hairstyles?
[url=http://www.emo-hairstyles.info/]emo hair[/url]